fbpx
Tels: (31) 3309-6224 | (31) 3309-6240 – (31) 984341753

VÍDEO: confira dicas valiosas de hiking na natureza para transformar a próxima trilha em um evento inesquecível e seguro

Você provavelmente já assistiu a algum filme com cenas retratando a rotina em Summer Camp: esportes aquáticos, montaria, arco e flecha, trilhas… e hoje nós falaremos exatamente sobre este último tópico: dicas valiosas para transformar qualquer hiking em uma aventura inesquecível, seja no acampamento ou em outro lugar.

Como todo bom camp nos Estados Unidos precisa ter um pouco de natureza por perto, a maioria das trilhas proporciona aos campers e counselors a oportunidade de uma imersão no meio ambiente. Assim, além de respirar aquele ar puro, ainda dá para relaxar bastante. Essa atividade outdoor é realizada tanto pelos mais novos quanto pelos adolescentes – e todos sempre adoram!

Seguir trilhas requer, porém, atenção e cuidado com certos detalhes. Conhecer bem o percurso que será feito, ter sempre água e algum lanche disponível, utilizar protetor solar, vestir roupas e calçados apropriados… são várias medidas que podem garantir uma experiência saudável e divertida para todos. Se a sua caminhada for no Brasil, pode ajustar as orientações e aplicar também. Confira a seguir mais detalhes e assista ao vídeo:

1 – Esteja sempre hidratado e protegido do sol

A primeira das dicas talvez seja até a mais importante de todas: estar sempre hidratado e protegido do sol. Então, sempre andar com uma garrafinha de água cheia e também garantir que todos estão com bastante protetor solar no corpo.

O verão americano é muito quente, são temperaturas que passam facilmente da casa dos 35ºC (graus Celsius). Assim, não se pode descuidar um dia sequer, pois os riscos de insolação são reais. Como bons Camp Counselors, a gente não tem que se preocupar só com o nosso bem estar – acompanhar e certificar que as crianças também estão protegidas do sol.

Para garantir isso, nada melhor que o famoso Double Check antes de iniciar a trilha. A pele das crianças normalmente é mais sensível  – algumas até com alergia a sol. E como a gente não quer que elas tenham nenhum problema, é essencial se atentar a esses quesitos no grupo que você está liderando. Não se esqueça:Dehydration is not a joke!

2 – Carregue contigo o que for essencial para a hiking

Nem muito peso, nem pouca água. O ideal é saber levar na hiking aquilo que será realmente necessário. Para trilhas mais longas isso é até mais importante, pois um erro de cálculo pode representar aquele incômodo pelo excesso de “bagagem” ou a falta de algo crucial à sobrevivência.

Como já dito anteriormente, o principal é levar uma garrafa d’água cheia e alguns snacks para consumo durante as pausas, dependendo da distância. Se for algo rápido, somente líquido para hidratação já é suficiente, pois o grupo retornará à base do camp para a próxima refeição do dia.

Quando se trata de trilhas mais longas, é normal fazer uma pausa para recarregar as energias. Então, pode acrescentar na mochila aquele lanchinho extra para compartilhar com os amigos – certificando sempre das possíveis alergias às propriedades dos alimentos.

É bom também ter com você durante uma hiking: a famosa bandana e um óculos escuro, porque normalmente o sol costuma ser muito forte; kit de primeiros socorros (até aquele Band-Aid pode te salvar), capa de chuva, repelente. Para percursos noturnos, ter sempre uma lanterna e pilhas reservas.

3 – Vista sempre roupas e calçados confortáveis e apropriados

Essa dica é muito importante para as atividades ao ar livre: sempre se vestir apropriadamente, com calçados e roupas confortáveis para longas caminhadas e altas temperaturas. Quando se fala nesse assunto, não significa colocar uma roupa bonita, mas a adequada ao roteiro.

Por exemplo, dependendo do local da hiking, uma calça pode ser mais apropriada do que uma bermuda ou um short. Isso porque, assim, as pernas ficam mais protegidas de insetos e da mata fechada. Há crianças alérgicas a plantas – Poison Ivy, I dislike you – e se tratando de trilhas os cuidados devem ser redobrados.

Durante o verão, o primordial é dar preferência para tecidos mais leves e confortáveis. Utilizar calçados fechados, como tênis para caminhadas, que garanta estabilidade ao andar é outro ponto de destaque. Principalmente porque a maioria das hikings é feita em terrenos irregulares, sendo mais inclinados ou com pedras, onde é fácil escorregar e se machucar.

4 – Mantenha sempre o contato visual com o grupo na trilha

Entre as regras mais comuns nos acampamentos de verão, independentemente da atividade que estiver liderando, é manter contato visual com o grupo. Isso te permite ter certeza onde as crianças e adolescentes estão – e o que eles estão fazendo naquele exato momento.

Não se trata de ser controlador, mas é uma estratégia para garantir que a turma está se divertindo em segurança. Hikings podem ser feitas com um co-counselorauxiliando ou sozinho com os campers. Quando há dois líderes, um pode ir na frente abrindo caminho, enquanto o outro fica atrás do grupo.

É importante certificar que os “liderados” não estão muito à frente/atrás ou saindo da trilha. Caso você esteja sozinho com um grupo grande, mantenha todos ao alcance da vista e bem seguros – e verifique se não estão fazendo nada de errado. Afinal de contas, são crianças em busca de aventura.

5 – Preservar o meio ambiente é tarefa de todos na hiking

Dica valiosa e que deve ser lembrada: o cuidado com a natureza é parte do trabalho de um monitor no acampamento de verão – ou do líder em trilhas fora do camp. Assim, preservar a fauna e a flora por onde passar, evitando retirar plantas do lugar ou danificar os recursos naturais é algo fundamental dessa atividade.

Nos Estados Unidos, muitos Summer Camps estão localizados em regiões estratégicas de matas naturais, áreas preservadas ou reservas indígenas. Então, além de cumprir nosso papel na preservação, também temos o dever de ensinar para as crianças sobre os aspectos do meio onde nos divertimos.

É comum em acampamentos haver workshops destinados especificamente ao tema do Meio Ambiente, pois há um propósito intrínseco ao dessas instituições de repassar valores referentes à sustentabilidade. Dessa maneira, as hikings podem complementar o que os visitantes aprenderam na semana. Sempre que possível, leia sobre as espécies de aves, peixes, animais, tipo de vegetação da região e compartilhe com as crianças na caminhada.

6 – Aproveite a oportunidade para conversar e se conectar com as pessoas

A última dica é aproveitar o momento das hikings também para conversar com as crianças sobre algum tópico interessante, como a cultura brasileira, curiosidades e diferenças entre os dois países ou até mesmo assuntos divertidos – desafios de perguntas-respostas e charadas. Elas certamente vão adorar ainda mais estar contigo na trilha.

Esta é a sua oportunidade para conhecer melhor seus colegas de cabin da semana, se conectar com as crianças, ouvir e aprender mais… o Summer Camp deve ser “as melhores férias” e também a experiência que as crianças lembrarão pela vida toda. Como monitor, nós estamos lá para garantir isso.

Portanto, use toda a sua habilidade para interagir e transformar a hiking em um evento: conte histórias, ensine algo, cante uma camp song, e elas vão amar estar com você. São instantes aparentemente simples, mas que a gente vai se lembrar com carinho especial após viver a experiência de intercâmbio.

Assista ao vídeo que produzimos na nossa Hiking do YCCP 2019 na Serra da Calçada, em Brumadinho, na Grande BH:

Apenas para relembrar, o cuidado consigo mesmo, com os companheiros de trilha e com o meio ambiente é algo primordial. Afinal de contas, este é um estilo de vida responsável, que preza pela forma como nos relacionamos e pela preservação da natureza.

E aí, curtiu as nossas dicas sobre hiking? Se você fala inglês, tem entre 18 e 30 anos, ama aventura e quer viver um intercâmbio incrível nos Estados Unidos,clique aqui e preencha o cadastro para receber mais informações sobre o Camp Counselor Program. Dúvidas? Fale conosco: 31 98434-1753 [Telefone e WhatsApp]. Aproveite para compartilhar esse post com seus amigos que também amam natureza e aventura!

Blog #GenteQueViaja – Produção e Edição: Milson Veloso – Jornalista, mestre em Comunicação Social, especialista em Comunicação Digital e viajante. Agradecimentos ao engenheiro eletricista e counselor da Globe Trotter, Hiago Marcello, pela colaboração com este post. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *